Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

desenho & diálogo

desenho
- Aqui começa o encontro, vai-se transformar em diálogo:
Ela, Desenho-te como palavra, terceira pessoa do singular. Logo a seguir, desenho-me... Ele.
- Quem desenha quem?
Ele, desenha-a a Ela, como palavra. Logo a seguir, desenha-se...
- Como será o diálogo?
Será ele que a desenha, para ser(em) desenhado(s) pelo desenho: Ela e Ele.

diálogo
Ela 1 - Hoje vim visitar-te em sonhos...
Ele 1 - Vou descer à praça para te poder ver passar!


{http://portalliteral.terra.com.br/
De lá retirei este exercício - na Oficina Poética - Aula 2:

2) Poema em vozes:
Vale aqui soltar a imaginação. Escreva diálogos que ouviu na rua ou invente diálogos do modo que achar melhor... Não há nenhum problema se você quiser escrever até uma mini-peça (de no máximo duas páginas). O poeta e dramaturgo alemão Heiner Müller tem vários trabalhos que ficam numa região indecidível entre o poema e o drama, como esse aqui, tão curto quanto belo:
 
PEÇA CORAÇÃO
 
Um- Posso pôr meu coração a seus pés.
Dois- Se não sujar meu chão.
Um- Meu coração é limpo.
Dois- É o que veremos.
Um- Eu não consigo tirar.
Dois- Você quer que eu ajude?
Um- Se não incomodar.
Dois- É um prazer para mim. Eu também não consigo tirar.
Um- (Chora)
Dois- Vou operar e tirar para você. Para quê que eu tenho um canivete. Vamos dar um jeito já. Trabalhar e não desesperar. Pronto – aqui está. Mas isto é um tijolo. Seu coração é um tijolo.
Um- Mas ele bate por você.
 
(Tradução de Marcos Renaux)
Carlito Azevedo  - 10/01/2006

A poesia é o meu Evangelho, sigo sempre o seu (dis)curso!...}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 11/01/2006
Código do texto: T97097
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310498 leituras)
37 áudios (39566 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:26)
Francisco Coimbra