Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cordel Junino

O céu todo estrelado
No meu universo finito
Ilumina como fitas de cetim
O meu cordel junino...

Nas cores do meu vestido
Tem a esperança ditosa
De uma noite animada
De uma festa maravilhosa.

Oxente, chama o sanfoneiro
Porque queremos é dançar
Uma quadrilha bem marcada
Da poeira alevantar...
Neste arraiá tão alegre
Não tem espaço a tristeza
Fica de fora do convite
Fica lá depois da cerca.

São convidados os compadres
São convidadas as comadres
Padre, viúva e os noivos
Para alegrar os convidados...

Os balões já voam alto
A fogueira queima a fole
Na bananeira está fincada
A faca da minha sorte

Nesta noite de sonhos
Fiz um pedido ao santo
Que me mostrasse de vez
O dono dos meus encantos.

Quero quadrilhar dançar
Soltar fogos de atifício
Na fogueira em brasa assar
O milho fruto do meu ofício
Na festa da colheita do milho
Não vale fazer economia
Vamos celebrar a fartura
Vamos colher sempre a alegria.
Vinicius Filme
Enviado por Vinicius Filme em 17/06/2010
Código do texto: T2324874

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vinicius Filme
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 41 anos
502 textos (70999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/14 11:35)
Vinicius Filme



Rádio Poética