Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GATOS MIANTES

O gato enjoado
Subiu no telhado
Estava zangado
Começou a miar.

Miou um bocado,
Esse gato danado,
Muito aborrecido
Não podia parar...

Aprontou choradeira
Reclamando da vida.
Sentindo saudades
Da gatinha querida.

E nesse lamento,
Sob a luz do luar.
Fez-se  a serenata
Para a lua de prata
No encontro do gatos
Ouvir, sentir e vibrar.

Surgindo do nada
Uma gata branquinha,
Simpática e lindinha,
Fez o gato sonhar...

O assunto foi sério,
Começou no telhado
E acabou no altar.

Esses gatos miantes
Inspiram os poetas.
Encantam a lua,
O céu e as estrelas.

Poesias em miados,
Chega a ser engraçado.
O idioma dos gatos,
Não sabemos falar.

               jorge_gil@brturbo.com.br



Jorge Gil
Enviado por Jorge Gil em 24/09/2006
Reeditado em 13/04/2007
Código do texto: T247911

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o lin para a obra total.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Gil
Goiânia - Goiás - Brasil, 79 anos
867 textos (45735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:59)
Jorge Gil