Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM ANJINHO SEM ASAS NA TERRA

OLHAR DE INOCÊNCIA
FOFINHA E BUCHECHUDINHA
QUANDO TINHA SETE ANOS
OLHOS MEIGOS
UMA TERNUNA NO SEU OLHAR
SEM SENTIR O SEU PESO
AO CAMINHAR NAS NÚVENS
É A BRISA DOS VENTOS
ESSE ANJINHO
UM ANJINHO SEM ASAS NA TERRA
CABELINHO LISINHO
QUE NEM O TINITAR DE UM SININHO
OUVE A CHAMADA DOS ANJINHOS
QUE ESTÃO NA VOLTA
DO NOSSO GRANDE SENHOR
DO CÉU
DA TERRA
DOS PLANETAS
ESSA ESTRELA
QUE HOJE BRILHA
REPASSA
MUITAS COISAS DE BONDAGEM
POIS O SEU CORAÇÃO
É SENSÍVEL
QUE DOMINA
BRINCA E DOMINA
QUALQUER BICHO FEROZ
ATÉ MESMO UM DRAGÃO
ELE FICA
BRINCALHÃO
ELA TEM
MUITO AMOR NO CORAÇÃO
E TUDO QUE
ELA FAZ
É FEITO COM PAIXÃO

*EM HOMENAGEM A NOSSA COLEGA: ALINE ROMARIZ, AO VE-LA COM UMA FOTO NO MSN, QUANDO TINHA SETE ANOS, EM P&B. COM CARINHO A ESSA PESSOA MARAVILHOSA, QUE TODOS OS DIAS NOS BRINDA COM A SUA RÁDIO, COM AS NOSSAS POESIAS E MUITA MÚSICA BONITA. QUE DEUS CONTINUE DANDO ESSA LUZ A VOCÊ. DO SEU COLEGA, MILTON NUNES FILHO.*
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 28/10/2006
Reeditado em 23/12/2012
Código do texto: T275893
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:45)
Milton Nunes Fillho