Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu era pequeno,
Meu avô dizia:
 -“Te cuida piá”,
Não saia p’ra longe.
Tem bugre no mato,
São botocudos,
Comem criança,
Podem te pegá.
 
Hoje vovô já morreu,
Bugre virou índio,
Outros mendigos,
Botocudo vende cocar.
Expulsos p’ra tão longe
Que podem ter caído no mar.
Onde estão os donos da terra?
Onde estão os guerreiros?
Cadê os brasileiros? 

- Talvez, filhinho,
Tenham virado conchinhas,
Que o mar espalha na areia,
Para as crianças brincarem.
O grande cacique,
É aquela pedra maior
Que parece de seu povo cuidar.
E a filha dele, quem sabe?
Aquela estrela do mar.

Humberto Bley Menezes
Enviado por Humberto Bley Menezes em 30/10/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T277645
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Bley Menezes
Curitiba - Paraná - Brasil
94 textos (5962 leituras)
3 áudios (514 audições)
2 e-livros (91 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:05)
Humberto Bley Menezes