Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Festa na lagoa


O sapo  serelepe,
tá de olho na jia
que só quer saber de folia.
lá na lagoa
a coaxar
chamou a salamandra
para uma festança.
tinha mosquito à vontade
bezourinhos assados, na luz do luar
E o som da música começa a tocar
pulam de cá para lá
um língua compriiiiiiida....
fofoca daqui fofoca de lá
E a conversa rola...
A perereca,
que é uma sapeca,
não para de coaxar
canta alto
pro sapo escutar
ele fica encantado
e  vai inchando  igual balão
 
o que???
vai lamber sabão?
Não faz  isso não,
Já começou a xingação.
 
Ta vendo?
Sabia que não ia dar certo
Também,
Com tanta  gente por perto!
 
Acabou-se a festança
Ninguém mais dança.
Tinha lixo no pedaço
E acabou em estardalhaço.
 
A lagoa tem a água parada
E não pode suja ficar
Vc sabia,  que não podia
Lá, o lixo jogar ?
 
Senão os bichos
Que vivem lá
Não vão mais
Ter onde morar?


21/02/01
Rosy Beltrão
Enviado por Rosy Beltrão em 30/11/2004
Código do texto: T366
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosy Beltrão
Estados Unidos, 62 anos
155 textos (31366 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:02)
Rosy Beltrão