Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS CRIANÇAS E O FEIJÃO....

Vou passar um lembrete
e não e de gozação,
vou descer o porrete
eu inforco um ladrão.

Arrumarei uma escolta
vou fazer uma confusão,
quero que tragam de volta
meu estimado violão...

Enquanto estava na escola
fazendo a minha lição,
carregaram numa sacola
a minha única diversão.

Se ele não aparecer
procuro em todo barracão,
a bordoada vai descer
quebro braço e quebro mão.

Mas ele foi localizado
la no morro do limão,
ta na casa de um safado
que se chama Zé Leitão.

Bufando como um burro
cheguei na casa do negão,
ja preparando um murro
fui quebrando seu portão.

O que na casa encontrei
foi me cortando o coração,
sete crianças encontrei
almoçando  puro feijão.

Fiquei na porta então escutando
o que me dizia Conceição,
-Meu marido ja esta pagando
ja estão levando pra prisão.

-Eu ja sei o que procura
ja me deram a informação,
pegue,ali nessa sala escura
esta em cima do colchão.

No mesmo dia pensando
cheguei a sentir emoção,
nas crianças recordando
naquela tão pobre situação.

A tarde,la retornava
levando lotado o meu furgão,
alimento,pra ela deixava
para comerem,todo o verão...
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 20/09/2007
Código do texto: T660532
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2600 textos (230434 leituras)
31 e-livros (2315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:36)
GIL DE OLIVE