Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor e Sonho II

Tarde linda de verão. O sol se punha no horizonte. Seus raios ultrapassavam as nuvens e vinham banhar-se nas águas
azuis do imenso mar. As ondas traziam até a praia, seus reflexos, que pareciam punhais pontiagudos presos a um cordão invisível.

As ondas iam e vinham com uma velocidade incrível, deixando
na areia uma densa coluna de espumas, que junto aos
reflexos solares formavam as cores do arco-íris.
Um espetáculo digno dos deuses e deusas.

Ali, diante de tanta beleza, eu olhava pra você. Não sabia dizer qual era a beleza maior. Apenas contemplava duas belezas distintas, duas belezas sem par, a natureza e você.

Eu segurava sua mão. As palavras desapareceram, mas também não estavam fazendo falta. Nossos olhos eram a expressão maior.

Aos poucos fomos nos aconchegando. Um abraço forte, apertado. Um beijo. Um longo beijo, cheio de ternura, carinho e paixão. Senti minha alma invadir-se de uma luz maravilhosa que emanava do seu corpo, assim como o seu cheiro adocicado, que penetrava todo meu ser.

Uma carícia, um tremor, uma chama ardente, o impacto da carne na carne, o barulho das ondas quebrando na praia, a água molhando nossos corpos, momento mágico.

Amamo-nos desenfreadamente, como se mais nada existisse, como se mais nada importasse. Quebramos os grilhões do preconceito, ultrapassamos a barreira do tempo, viajamos pelo mundo do amor, do prazer, dos sonhos e . . .
dos orgasmos múltiplos.


13/01/06
Wilcaro Pastor
Enviado por Wilcaro Pastor em 02/04/2006
Código do texto: T132586
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilcaro Pastor
Coronel Fabriciano - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
489 textos (37612 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:16)
Wilcaro Pastor