Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA INFÂNCIA

Ah! minha infância querida,
Em que momento da vida,
Marcaste encontro comigo?

Infância dos meus sonhos de menina,
Que por vezes, era amável em outras traquina,
Mas sempre feliz e de bem com a vida!

Infância dos meus sonhos coloridos,
Das pedrinhas que faziam sentido,
Quando cada uma tinha o seu nome.

Infância, das brincadeiras inocentes,
Que até as pequeninas sementes,
Eram nossas amigas com nome de gente.

As folhas verdes, amarelas, coloridas,
Eram trocadas e tratadas como moeda,
Comprando sonhos e ilusões, hoje perdidas.

Como eram lindos aqueles castelos,
Que fazíamos sentados naquela areia,
Onde o canto da sereia se fazia tão belo!

Com os pés descalço, abríamos nossos braços,
Querendo com o vento voar, feito passarinho,
Fugindo do seu ninho, tentando as nuvens alcançar!

Ah! infância, como pode me deixar?
Se hoje, estivesse ainda comigo,
Juro que te daria o melhor abrigo,
E, jamais te deixaria embarcar.
Clara Strapazzon
Enviado por Clara Strapazzon em 29/05/2006
Reeditado em 11/10/2011
Código do texto: T165227

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Clara Strapazzon
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
228 textos (29596 leituras)
9 áudios (1145 audições)
1 e-livros (36 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:35)
Clara Strapazzon