Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primeiro amor

Hoje me lembrei de você
Voltei no tempo
Me lembrei da primeira vez que te vi
Você todo sorridente
Eu, toda acanhada
Você muito falante
E eu muito calada
Nos encontrávamos todos os dias
Você se aproximava eu fugia
Me lembro da tarde em que a minha porta você apareceu
Fiquei confusa, não sabia o que falar
As palavras não saiam 
E você não parava de falar
Você de calça curta 
Eu de vestido de chita, no cabelo um laço de fita
E você foi se aproximando de mansinho
Até em mim tocar
Meu coração disparou
Eu tremia, fiquei assustada
Não sabia o que fazer
Eu só gaguejava
Foi quando você me puxou e minha boca beijou
Minha cabeça rodou, o coração disparou
Fechei os olhos
E teu beijo correspondi
Um beijo docê, sem malícia
Apenas duas bocas que se tocavam
Foi lindo!
Tão lindo que não esqueci
Eramos duas crianças apaixonadas
Sentindo nascer em nós o primeiro amor

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa sou apenas alguém que sente!

***

Beijos
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 26/06/2006
Código do texto: T182486

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146155 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:38)
Dama De Negro