Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PENSAMENTOS DE UMA NOITE COM INSÔNIA

Aqui relembrando o inesquecível Quintana
Dediquei-lhe alguns instantes de releitura
Para dormir versificado.
Ao som do jazz que aprecio, sem moderação
Consigo esquecer por breves minutos
O impenetrável silêncio madrugal
E noto com estranho descaso
Como minha barba desgrenhada cresce
Hoje acompanhei uma cena interessante...
Caminhando pelo centro urbe,
Observei novamente minha pagã preferida
Ah.... Se fosse no cinema.
Focariam sempre o contra-plano,
Um antigo démodé francês
Dirigido por um Italiano,
Que gritaria da tua cadeira com os dizeres: Direttore
-Taglia! Fa tutto di nuovo
Obstinado ator, reconstruiria a cena,
Mas agora simplesmente
Cessaria com um pequeno gesto
E de costas, como preferiu ficar
Sairia de cena. Novo cenário:
Acordo em minha cama e penso
O que o célebre centenário pensara:
“Eu agora que desfecho
Já nem penso mais em ti
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?”

 


José Luís de Freitas
Enviado por José Luís de Freitas em 05/07/2006
Código do texto: T187777

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luís de Freitas
Diadema - São Paulo - Brasil, 32 anos
466 textos (177622 leituras)
28 áudios (28261 audições)
1 e-livros (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:26)
José Luís de Freitas