Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rubra Rubra Espada

Corria e corria
Com ensopada mortalha
De sangue de longa batalha
Pensava sem sua amada
E em sua rubra rubra espada
 
Gritava e gritava
Rodeado por seus inimigos
Luta digna de livros nunca lidos
E o sangue seu rosto lavava
Enrubescendo a rubra rubra espada
 
Morria e Morria
Sozinho e largado de sua armada
Chorando longe de sua querida amada
Largou sua rubra rubra espada
E morreu por sua linda mulher amada
BOI (Luciano Alencar)
Enviado por BOI (Luciano Alencar) em 09/07/2006
Código do texto: T190819
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BOI (Luciano Alencar)
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
246 textos (25429 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:44)
BOI (Luciano Alencar)