Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOSTALGIA

 
 
o jeito de olhar deixa desnorteado
sem graça falo contigo.
Vamos de novo caminhar na noite?
Eu prometo te dizer banalidades
Fazer palhaçadas, ver você sorrir
Pegar na tua mão
Deixas?

Vamos correr que o tempo voa
Voa também meu coração
Cantaremos desafinados
Eu boêmio - Você bailarina
 
O bêbado que passar estará lúcido - "Beija ela, maninho"
Coitado. Não sabe que sou tímido
Mentiroso?
Há ainda verdades para serem ditas
Claro que sim!
Por exemplo: "Como és bonita"

Aquele barzinho ainda nos espera
E lá motivado pelo momento
Terei coragem de te olhar nos olhos
No gesto simples
Repousarás a perna sobre a minha
Acalentando meu corpo, amigo
Malícia não haverá
Afinal, estaremos juntos.

JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 20/07/2006
Código do texto: T198419
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:08)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES