Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maria-Mijona

Hoje, quando desacautelado caminhava
Fui tomado de supetão.

Algo na travessa da esquina despertou-me atenção
Em longos passos caminhei à atração.

E quando a distância não mais existia
Tomei-a em minhas mãos.

Meu sorriso por todo se contemplou
Meus olhos imitaram as estrelas de forma fixa e brilho intenso

Mas, meu olfato me traiu,
Pois a essência esperada não existiu.

E abraçando a esta imperfeição
O tato também entrou na contramão

Por mais que se procurou, rareado algum sentiu
E meu sorriso aos pouco sumiu

E como nada mais me absorvia
Retomei minha direção

Largando o pijama “Maria-mijona”
Nas mãos da moça que na loja me atendia
Meio escondida entre as roupas e o balcão.

Robert Jorge
Enviado por Robert Jorge em 01/08/2006
Código do texto: T207115
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Robert Jorge
São Paulo - São Paulo - Brasil
120 textos (3920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:42)