Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulheres





11/09/1987.





Para onde foi Sara princesa, a linda moça,
Forte, corajosa, sensível e carinhosa?
Onde está a revoltada Rosa, bela jovem,
Triste, selvagem, simples e liberada?
E a pobre Stela, mulher-criança,
Que cresceu junto com seu filho, Rubens?
Cadê a velha Magda, tão doída, ferida, carente,
Que queria ser e não era, e que só queria por fim à sua vida?
Caminharam pela vida, transformaram-se,
Junto com Magali, Carina e Melissa,
Tão irmãs, meigas, suaves e deliciosas:
Carinhosas, dedicadas e deliciosas mulheres, ouvintes,
Eróticas, dengosas, silenciosas.
Sara transformou-se em Rosa; Rosa em Stela;
Stela em Magda; Magda em cada uma das três irmãs,
E dessa fusão nasceu Ana,
Simplesmente Ana, que luta, que brilha,
Que é esperta e aprendiz, que é fina e vulgar,
E que caminha loucamente para voltar a ser Magali,
Melissa e Carina, onde quer que elas estejam.
E hoje, com tudo isso, é Sararrosa, Rosastela, Stelamagda,
Magdali, Magalissa e Melina,
E é apenas uma, com todas elas encarnadas,
Que vêm a ser simplesmente Edilene, mulher, amiga e amante,
Que vive ajudando, progredindo e lutando,
Que é gente como qualquer outra mulher.
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 05/08/2006
Código do texto: T209528

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21458 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:44)
Edilene Barroso