Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite

Como a noite, em silêncio, traz suas filhas,
As estrelas, lindas e únicas,
minhas frases e meus versos
trago até as folhas de um papel...

Eu vou juntando estrelas pelo caminho
Eu vou levando-as comigo enquanto
Faço trilhas pelas linhas dessa folha,
lembrando cada jeito teu de olhar.

E se minhas palavras são estrelas,
meu silêncio é como a penumbra
Chegando calma, muda
Encobrindo tudo de escuridão e dúvida.

E como leve folha flutuando no ar,
Essa incerteza percorre todo o meu corpo.
Sutil e calmamente chega
a tocar meu coração e minha alma...

Por todo esse tempo percorrido,
entre meu coração e minha mente esteve
a escuridão de uma noite
e as incertezas que vem dessa visão parcial.

E apesar dessa dor ter me afundado tanto,
a tua lembrança foi como Lua para a minha noite,
e tuas promessas quebradas foram desaparecendo
como as estrelas, com a chegada do sol.

E como em todo o desespero de um pesadelo,
ou em um vôo leve de um sonho bom,
Você se fez presente quando eu já não mandava mais,
e foi embora quando essa noite acabou...
Alecrim Crim
Enviado por Alecrim Crim em 26/08/2006
Reeditado em 03/05/2008
Código do texto: T225717

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dou os créditos a Julhana Pohlmann pois só ela entende seus textos. Visitem seu site no Recanto das Letras!). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alecrim Crim
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 27 anos
374 textos (14622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:45)
Alecrim Crim