Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Campina [uma potranca]

Uma poldra campolina
na estrada galopava
o teu olhar manhoso
um poldro branco espiava

O mangalarga altivo
adivinhando a evidência
saracoteava o rabo
numa doce reverêcia

A poldra em marcha picada
com o seu porte altaneiro
fazia do passo de gala
um desfile pro parceiro

Um relincho de amor
ecoando as capoeiras
e o galope do macho
para agradar a matreira

A poldra perda de vista
aos olhos de seu amado
com meu paizinho no dorso
seguia para o machado.

Lucina Maria Duarte
Lucina Duarte
Enviado por Lucina Duarte em 21/09/2006
Código do texto: T245864
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lucina Duarte
São Gonçalo do Rio Abaixo - Minas Gerais - Brasil
136 textos (7238 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:57)
Lucina Duarte