Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE PROIBIÇÃO

De: Manoel Lúcio de Medeiros.



Não é fácil esquecer, tua boca tão pequena,
Teus lábios de cor morena, que meu beijo envenenou,
Oh! que data histórica, marcando meu calendário,
Escrevendo no anuário, tudo que ali passou!

Desde quando eu te beijei, gravei toda tua imagem,
Com teus lábios só sonhei, como se fosse filmagem,
É difícil esquecer, pois tomaste minha atenção,
Um amor de poucas horas, mas de grande duração!

E hoje penso acordado, teu corpo meigo ao meu lado,
 Amor de proibição, e nisto tudo que eu penso,
Só resta pegar meu lenço, e fugir desta emoção!

Agiste como uma louca, e a doçura desta boca,
Foi a nossa perdição, por isto, amor eu proponho,
Esquecer todo este sonho, pois foi tudo ilusão!

Direitos autorais reservados.





Malume
Enviado por Malume em 22/09/2006
Código do texto: T246198
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:35)
Malume