Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRELAS ( Olhos Eternos )



À soleira da porta, sentindo o ventinho úmido da noite eu contemplo às estrelas.
Ou será que são às estrelas que me contemplam ?

Eu não sei qual é a resposta, mas elas já estavam ali muito antes do que eu aqui.
Elas viram tudo se formar, as chuvas secarem a terra, e a água empoçar.

As poças se chamarem mar e de lá a vida brotar.
Da sopa primordial as células se originarem, se dividindo e multiplicando, para no final somar, e o resultado destas contas foi a vida que hoje há.

E hoje á soleira desta porta olhando para as estrelas, eu me pergunto quantas coisas elas hão de olhar ?

Quanta gente nascer...

Quanta gente morrer...

A terra acabar.


L.M.J.                                                     01-01-98 às 02:00 Hs da madrugada
Leandro Martins de Jesus
Enviado por Leandro Martins de Jesus em 22/10/2006
Código do texto: T270822
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Martins de Jesus
Itapetinga - Bahia - Brasil, 36 anos
481 textos (113300 leituras)
2 áudios (79 audições)
6 e-livros (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:46)
Leandro Martins de Jesus