Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visões do Amor

Esta noite, eu tive uma visão,
Que me deixou muito intrigado.
Se foi Mentira ou não,
Eu só sei que fiquei espantado.

Espantado com o pôr-do-sol,
Que esbanjou toda a sua beleza.
Admirei tanto esta linda paisagem,
Que me foi dada pela a natureza.

À noite, as estrelas apareceram,
Para a minha visão encantar.
E eu aqui, neste paraíso,
Esperando o meu amor chegar.

A noite se aproximava,
E eu esperava paciente.
Por todas as surpresas,
Que vinham pela frente.

Eis que surgiu uma garota,
Que mais parecia uma sereia.
Com seus lindos cabelos,
Deitada sobre a areia.

Ela se levantou, caminhou
E sentou-se ao meu lado.
E eu, na vontade de beijá-la,
Fiquei totalmente paralisado.

Ela então perguntou o meu nome,
E eu respondi com ar animado.
Pois, eu nem bem a conheci,
E já estava apaixonado.

Eu então perguntei o seu nome,
E ela respondeu com carinho.
Meu nome é Jaqueline,
Mas, pode me chamar de benzinho.

Este nome, para mim, era encantado,
Pois, ele pertencia a minha amada.
Garota que por mim,
Também estava apaixonada.

Eu fiquei encantado,
Com apenas um olhar.
Vós que me olhavas,
Como quem quisesse me enfeitiçar.

E ela então veio até mim, toda nua,
Eu então, toquei o seu seio.
Uma visão ardente e crua,
Que não tinha nada de feio.

Nesta minha visão,
Uma linda princesa apareceu.
Mas, ela foi embora,
Assim que o dia amanheceu.

Quando despertei,
Fiquei desapontado.
Pois, foi nesta minha visão,
Que fiquei totalmente apaixonado.

Termino esta poesia,
Que fala sobre visão.
Com muita alegria,
e amor no coração.
Lucas Habermann De Carli
Enviado por Lucas Habermann De Carli em 29/10/2006
Código do texto: T277101
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Habermann De Carli
Leme - São Paulo - Brasil, 33 anos
93 textos (8141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:18)
Lucas Habermann De Carli