Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sertaneja (a Cleonice in memoria)

Eu era criança quando trabalhava
Na roça de algodão sob sol bravo
Com mãos sofridas cortei palma
Esqueci os livros, cortei agavo.

Não sou valente porque quero
Minha natureza é ser assim
O que faço é pra sobreviver
Mas no futuro o que será de mim,

Na roupa suor da luta sem vitória
E quando tem o que comer
Esse sim é o dia de glória.

Acho que fomos esquecidos na imensidão
Peço que não chore meu caso é um
Entre milhares deste meu sertão.
Sales de Azevedo
Enviado por Sales de Azevedo em 26/11/2006
Código do texto: T301839
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sales de Azevedo
São Paulo - São Paulo - Brasil
15 textos (378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:28)
Sales de Azevedo