Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Transfiguração

Despeja-se a nostalgia de não conseguir
Apenas por apreensão leves toques de correntes
Que trazem a boca seca de temor
Encaminhando para o rumo inexperiente
Para navegar sozinho em um mar de monstros marinhos

A sensação de enjôo é tão inesperada
Que balançando de um lado para o outro
Os limites são verdadeiramente encontrados
Ficando o coração pela metade engasgada
De nossas convicções

Até que de repente tudo pára por um instante
É um trauma, ápice de deformação dos valores da alma
Que se condensam e desfazem em colocações
Voltando ao ponto de partida, perdido
Esperando luz divina até que se morra

Por um segundo se quer, grita-se
E não mais reconheço o que é a reação
E até então o papel especial
Das expressões faciais tão brutas e rígidas
Eu me silêncio.

Quase sem querer me transfiguro inteira.
Lady Sophia
Enviado por Lady Sophia em 26/11/2006
Reeditado em 27/11/2006
Código do texto: T302229
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lady Sophia
João Monlevade - Minas Gerais - Brasil, 25 anos
147 textos (6551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:31)
Lady Sophia