Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RESCINDIDA FUGA

Eu não desejava escrever...
Este poema, mas rescindi
Esta revolta e acolhi
A inspiração do meu ser

Quando do céu límpido
O entardecer brilhava nos meus olhos
Eu almejava um cúpido...
Por desgostosos sonhos

Afinal na poesia...
Era tão linda...
À tarde sã e nublada
Que na minha ansiedade crescia

Do romantismo tanto implorei
No recanto da praia do Quioxe
Lá onde tu nunca foste
Mas esperancoso, o amor plantei

Distante via o desgraçado pescador
Que se perdia no mar místico
Cujas águas eu até critico
Para o barco desistir do calor



Nkazevy
Enviado por Nkazevy em 23/07/2005
Reeditado em 14/03/2007
Código do texto: T36982
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nkazevy
Benguela - Benguela - Angola, 30 anos
168 textos (11336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 17:00)
Nkazevy