Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versões

No quintal da velha casa!
Sentada, fico a olhar...
A serra e um lago, a vislumbrar.

Se focar no verde, consigo detalhes...
Tudo é tão calmo; manso!
Acalma a alma!

O sol decide ir...
Todos vêm e vão;
Porque, ele não?

Um vento leve toca-me...
E ao mesmo tempo, leva dali;
Flutuo com meus pensamentos!

Volto, lamento...
Não posso mudar...O que passou, escrito ficou!
Mas o que virá...Escrito será...

Sinto-me bem, um momento único!
As águas do lago, movendo devagar...
Navegar! Aprofundar!

Acredito que as horas, não tem pressa;
E lento o relógio brinca...
Até ele, que é tão condenado, cobrado.
Tem momentos de sossego...Desapego!

As nuvens mudam de cores.
Alegres, talvez tristonhas, um colorido quadro!
Os olhos sentem, as cores tem sentidos definidos...

Coloco os pés na grama!
Fina, úmida e amena!
Folhas rolam ao vento!

Ir embora...
Há, tal hora...
Compromissos, omissos...Obrigações!

O céu troca o azul claro...
Um azul mais fechado;
Levanto-me, tenho mesmo que ir!

Mariângela Ricardo
Enviado por Mariângela Ricardo em 09/08/2005
Reeditado em 06/09/2010
Código do texto: T41497
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariângela Ricardo
Goiânia - Goiás - Brasil
320 textos (22528 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:35)
Mariângela Ricardo