Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRANÇA

É onda que vem e que vai,
vento que levanta a areia
das dunas dum coração
depois de erodida a paisagem
de tudo que foi vivido.
Cometa riscando o céu,
lua na escuridão
da noite da saudade.
Marinheiro sem porto
perdido na tempestade,
página de um diário
de anotações cotidianas.
Sem ela não se vive,
embora, às vezes, doa.
Melhor sentir sua dor
do que nada ter pra lembrar.

07/09/05.

Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 08/09/2005
Reeditado em 09/09/2005
Código do texto: T48613

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343288 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:31)
Maria Hilda de Jesus Alão