Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
EM SILÊNCIO


No silêncio guardo a lembrança
De alguém que muito amei
Desde os tempos de criança
Sua imagem comigo guardei.

Em silêncio trago no peito
Um amor crucificado
Seria todo o meu deleito
Se estivesses também apaixonado.

Em silêncio guardo a felicidade
Que um dia me prometeu
Que me amaria de verdade
Mas a iludida fui eu.

Nesse silêncio pesado
Que tanto me traz agonia
Vive todo meu passado
Que me atormenta todo o dia.

Mas esse silêncio terá fim
Vou dar meu grito de guerra
Esta vida não é pra mim
Hoje a agonia se encerra.

Estou mais sossegado
Do passado me libertei
Não quero este legado
Das amarras me livrei.
ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 09/09/2007
Código do texto: T644951
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (289475 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:24)
ANGELICA ARANTES