Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como barquinho de papel 

Infância...banhos de chuva... 
no frio, andar com luvas. 
Barquinhos de papel, 
imaginar desenhos nas nuvens do céu! 

Infância... amarelinha e pega-pega, 
pernas-de pau, 
cabra-cega, 
e aquele vizinho com cara de mau... 

Infância... a fruta no pé, 
peixe que o pai ia pescar, 
mãe de manhã fazendo café, 
e a nôna querida, ajoelhada a rezar! 

Infância... lembranças puras, 
borboletas voando no jardim, 
meus irmãos pertinho de mim, 
viagens: grandes aventuras! 

Lá fora agora, trânsito barulhento, 
e eu aqui, dentro deste apartamento,
A lembrar, e pensar, recordar! 

Ah vida cruel! 
minha infância foi embora, 
como aquele barquinho de papel


(Poesia "online" mote dia 11/09/2007)
 

 

Mara Regina Weiss
Enviado por Mara Regina Weiss em 11/09/2007
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T647743
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mara Regina Weiss e o site marareginaweiss.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mara Regina Weiss
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
405 textos (30119 leituras)
1 áudios (100 audições)
22 e-livros (2803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:47)
Mara Regina Weiss

Site do Escritor