Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sabor de Lágrima e Torino

TÍTULO: SABOR DE LÁGRIMA /1992.

Uma lágrima que cai
Não significa apenas que se está triste.
Às vezes, mesmo que se sinta feliz
Essa lágrima cai
Não vem pesada ou amarga pela dor.
Pode vir até a incomodar
Como se estivesse sofrendo
Por uma qualquer felicidade
E eu me pergunto: Até que ponto a felicidade faz bem?
Por favor, se não puder me responder não o faça, pois
Prefiro chorar sem a dor.
                                                                                    DUDA GÓES


TÍTULO: TORINO(ITALY)/1992

O mar parece ser pedra,
Seca fria e sem vida.
As flores que encantam,
Escondem o calor úmido.
As máquinas que dizem evolução,
Consomem a calma e o silêncio.
O dia de trabalho positivo,
Acrescenta a ausência do sorriso.
A noite que apresenta o paraíso,
Transforma a forma num grande circo.
A arquitetura tão bela e imponente,
Retrata um grande cemitério vazio.
Os trens que vão e que vem na velocidade,
Transportam pedras e mais pedras,
Que não falam, não sorriem,
Não ouvem, não vêem,
Não sentem e não choram,
Porque são secas, frias e sem vida.

                                                                              DUDA GÓES

Duda Góes
Enviado por Duda Góes em 15/09/2007
Código do texto: T653685

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Duda Góes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 53 anos
104 textos (1971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:37)
Duda Góes