Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDOSOS ABRAÇOS

Abraços que não existem mais
que se tornaram apenas lembrança...
Faz parte das saudades atuais,
que a alma, de lembrar não cansa...

De ternura, foram ternos laços,
longos e fogosos abraços,
que apertavam meu coração...

Abraços, com amor e ternura
murmúrios de eterna jura,
que ainda ouço na solidão...

Ouvi-las, novamente quisera,
recordar, momentos de emoção...
Mas não voltará essa primavera,
será eterno o meu verão...

Palavras, que alguém murmurou,
um lindo som que não morreu...
Dos abraços, só a saudade ficou,
o coração nunca esqueceu...

Se pudesse, ao passado voltar
e novamente a abraçar,
e certo, que acalmaria a dor...

Mas continua no peito gravado,
tantos abraços do passado
daquele meu primeiro amor...
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 22/09/2007
Reeditado em 16/08/2010
Código do texto: T663670
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2597 textos (229955 leituras)
31 e-livros (2314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:39)
GIL DE OLIVE