Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A taça

Quando uma lágrima cristaliza,
um anjo a exugou.
Meu anjo me avisa,
que ela, está aqui!!

Defronte este dia,
e uma flecha preta,
o sol não ardia,
Curiosa??? Capas negras...
Avistando um mar.
e uma ilha, lá do alto do céu
As ondas trazendo a melodia
um lado rolando a PAZ...
do outro a harmonia...
Nesses goles eu escrevia
"Pena que no mar não há flores.
porque atrairia,
todos ao seu fundo...
num cavalgar...
nos levando pra outro mundo...
quatro cavalos marinhos,
e neste redemoinho de letras,
minha alma já saiu de mim,
plaina sobre a areia,
sempre assim...
procurando...
uma sereia,
uma estrela...
o que é nosso,
ninguém pode tirar.
Mas pode somente enxergar...

By Fourmig4
29/09/07

Fourmiga
Enviado por Fourmiga em 01/10/2007
Código do texto: T676158

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fourmiga
Itajaí - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
28 textos (1322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:26)
Fourmiga