Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

Quando te amei foi sem reservas

Você me ensinou o que era amar

Aprendi com você o sentir

O teu beijo tem um gosto diferente

Meche comigo em um todo

 

Amei-te como meu primeiro amor

Era inocente não sabia nada

Mais você me ensinou a te querer

Há como me ensinou!

Você foi à razão de tudo que me cercava

 

Entreguei-me a você pela a primeira vez

Você foi o meu primeiro amor em tudo

Você sabe cada gosto e cada pedaço que te quero

Sem reservas e nem perguntas me entreguei

A minha entrega foi inocente

 

Mais continuo a te amar e a querer esta entrega

Mais não sei onde você anda meu grande amor

Busco-te na natureza, no mar onde nos amamos.

Ele nada me responde, te perdi e é difícil ficam assim.

Os anos passam tudo muda mais meu amor continua seu

 

Chegou à era da informática do mundo virtual

E nada sei de você, não te encontro em nada.

Sei que um dia embora muito longe eu irei te encontrar

Tenho medo de voltar a rever as pessoas

As mesmas que presenciaram o nosso amor

 

Elas não entendiam o amor de uma moça pobre

Pelo o jovem mais disputado na cidade

O teu dote era o titulo do teu Pai

Que nada valia pra mim e nem pra você

E eles não entendiam

Lembre-se que te amo ainda

Silvenoi
Enviado por Silvenoi em 28/10/2007
Código do texto: T714201

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvenoi
Caxias - Maranhão - Brasil, 61 anos
66 textos (2506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:11)
Silvenoi