Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CONFRONTO DO AÇO - CSN

Navios abalroados na costa do Brasil
Vargas assina acordo, pois a guerra assim o exigiu
Nasce a usina do aço Criada com o Suor Nacional
Dos braços de aços de cada trabalhador
Dos braços de cada pracinha da FEB, enviados á luta com fervor

Vieram de várias regiões,
Nos olhos...  traziam esperanças
No corpo ... o vigor da força e da mente
No peito...  o orgulho em fazer parte da história
Frente à batalha da guerra do aço a correr

Dos Altos Fornos,  a fumaça das chaminés
A sirene tocava, toda vez que o turno trocava
Aos poucos moradias, a cidade com ela crescia
Às vezes, um estrondo, a cidade estremecia
Tantas mortes ocorreram, acidentes aconteciam
O trabalho continuava, as familias se afligiam

Ironia do destino é saber que dessa história
Depois de tantos anos de luta, perde-se vidas
Numa greve trabalhista, liderada pela CUT
Massacra-se a população, fere o brio voltaredondense
Com um tanque de guerra e soldados à frente de uma empresa

Talvez se ficassem só de fora,
Estaríamos apenas com o brio ferido, mas ...
O pior aconteceu, não sei porquê meu Deus!
Quem deu essa ordem de entrar numa empresa
Soldados do exército armados, como numa guerra
Que nem durante a II guerra aconteceu

Três operários foram mortos, por um exército armado ...
Acabou-se a greve, manchou-se a história de uma empresa
Manchou-se de sangue, suor e tristeza
A história do operário trabalhador
Tentando ganhar o pão de cada dia
Fazendo crescer tôda uma nação brasileira!
 
Tudo passa e as pessoas, infelizmente, esquecem
Quem vivenciou jamais esquece, das marcas que permanecem
Em cada coração voltaredondense !
maria do carmo alves marques de castro
Enviado por maria do carmo alves marques de castro em 06/11/2007
Código do texto: T725153
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (mcarmo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria do carmo alves marques de castro
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
90 textos (3765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:43)
maria do carmo alves marques de castro