Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Carretera da Razão

E pior que tinha Razão...
Quando andei nessa estrada,
Foi-se embora a solidão.

Quando a vejo andar,
Ouço notas de violinos no ar.

Um rio, uma ponte, um ipê amarelo,
Lembro dela sem comer cogumelo.
Buracos são artifícios para o meu nobre poema
Passo por todos eles, pois lá atrás sei que vale a pena!

E pior que tinha Razão,
Pois o tempo me muda então.
Percepções sobre a vida?
Cada um tem a sua da forma mais querida...

O pobre e o rico,
A tristeza e o seu circo...
O seu Tio de Boa Esperança,
O peixe que vale uma criança...

Linda paisagem limpa e livre para os sonhos desta turma,
Que sonha com cabrochas mesmo que o samba não durma...

E quantas árvores já não ouviram histórias de Rock’n’Roll?
Que o destino safado e leproso veio aqui e roubou...

Mas vamos lá, não importa,
Uma onda nós iremos tirar...

E o pior que tinha Razão.
Rodrigo Leal
Enviado por Rodrigo Leal em 10/11/2007
Código do texto: T731042

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor como Rodrigo Leal, e link www.fotolog.com/carta_da_arte.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Leal
Manaus - Amazonas - Brasil, 35 anos
44 textos (3214 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:55)
Rodrigo Leal