Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




São versos tão delirantes
que no silêncio esparrama,
lido, por olhos contilantes
e lábios, que por voce chama.

Versos, de uma beleza pura
que meus olhos não ignora,
poesia, e linda sua leitura
que sozinho, estou lendo agora.

Foi escrita, no último verão
poucos dias, antes de partir,
e eu te prometí com emoção
aquele envelope, não abrir.

Escrito por quem tanto amei
são palavras com tanto carinho,
lendo seus versos ate chorei
e continuo, chorando sozinho.

Foste embora, á tantos meses
deixando- essa linda poesia,
que ja lí dezenas de vezes
o que em versos,me dizia....
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 14/11/2007
Código do texto: T736985
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2597 textos (229974 leituras)
31 e-livros (2314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:51)
GIL DE OLIVE