Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noutros Tempos

        Noutros Tempos                     (100)
                                                                                                Nos tempos, da monarquia,
O povo, era sempre esquecido!
Valorizado, era o clero e a fidalguia,
O povo era desprezado, e traído!
                                                                                                                                                                                                                                                                                              E toda a didalguia, esbanjava
O clero, era letrado e poderoso!
Mas o burguês, activo amealhava,
Sem brasões, mas era orgulhoso!
       
Os burgueses, era mercadores,
Criando riquezas, e poder!
Os fidalgos, sendo esbanjadores,
Iam a estes, se socorrer!
 
Tinha castelos,  a fidalguia,
Tinham armas, e brasões.
Mas o dinheiro! Era da burguesia!
Tendo disso, boas razões.
         
O fidalgo sem dinheiro; brasonado,
Pedia em casório, a rica burguesa!
Que trazia, dote abastado,
Tirando o fidalgo, da vil pobreza!
     J. Rodrigues    23/01/2007
Galeano
Enviado por Galeano em 20/11/2007
Código do texto: T745231
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
521 textos (103748 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 19:02)
Galeano