Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visão A Visão

Saio em direção ao meu destino
Avisto alguma coisa, mas não consigo identificar
Continuo a andar, sem saber o que me espera
A visão vai me cegar

Corto uma, corto duas, corto três
Alguma coisa há de me avisar
Tento prever, tento pensar, mas meus pensamentos tem de me ocultar
A visão vai me cegar

Derrepente a luz, sonho, minha visão apenas parada
Olho aquilo, aquilo me olha e tem de me hipnotizar
Fração de segundos para eu mergulhar em pensamentos
A visão acabara de me cegar

Tudo para, nada responde, tudo involuntário, não consigo me guiar
Respiro, passo, continuo nos trilhos que estão a me guiar
Passa-se a luz, cortasse o som, ando a pensar
A visão acabara de me cegar

Volto ao meu corpo, vejo me refletido, tento compreender
Paro, penso, sorrio, escuto, vejo e sinto
Tudo agora tende a se normalizar
Valeu a pena a visão me cegar
Rafael Jank
Enviado por Rafael Jank em 21/01/2006
Código do texto: T101746

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Jank
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
328 textos (10272 leituras)
3 áudios (83 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:32)
Rafael Jank