Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Metaforicando

Por um instante
Ouvi o som da música
E a interpretei em palavras
O grave insistia ao agudo
Para comprar um alimento
Logo na lojinha a frente

É como um dia de sonho
Enquanto eu caminhava no vento
Acreditava isto ser Plutão
Relações não encontrei
Mas sem querer relacionei

É como nadar
E achar que ganhamos asas
É como correr
E virarmos astronautas

Gravidade em nada há
As coisas são soltas
Soltas como um balão
Preenchido pelo quente

Não é o princípio da loucura
Muito menos o princípio da razão
São verdades se universalizando
Direto no meu olho
Óbvio como a sensação.
Extrahumano
Enviado por Extrahumano em 01/02/2006
Código do texto: T106972
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Extrahumano
África do Sul, 27 anos
10 textos (320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:52)
Extrahumano