Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VEJO A SOLIDÃO EM TUAS MÃOS

Nas tuas mãos,
incrustada na pele,
e nos dedos,
vejo tua solidão.
Isso mesmo.
Solidão ignóbil,
maquiavélica,
delineada em cada linha,
em franca expansão.
Entorpecendo teu caráter,
dominando teus neurônios,
atormentando teu coração.
Observo,
com pessimismo
e vívida atenção...
tuas mãos.
Nelas já percebi,
(Nítida! Capciosa!),
tua permanente solidão.
Vil!
Maliciosa!
Com perniciosa ostentação.
Não acredita?
Como pode estar tão cego, irmão?
Tuas mãos ostentam solidão,
quando dão adeus,
após cruel separação.
Quando atacam corpos,
numa simples discussão.
Quando apertam outras mãos,
falsamente,
com inveja e esnobação.
Quando aplaudem,
mesmo sem gostar,
mesmo sem ter emoção.
Quando acenam,
fingidas,
apenas por educação.
Quando acariciam zonas erógenas,
rompendo inocências,
por tara ou exploração.
Quando apontam defeitos,
apenas por curtição.
Quando apertam gatilhos ou botões,
por maldade ou retaliação.
Quando assinam papéis,
que causam dor ou comoção.
Quando batem, socam, puxam,
evidenciando ódio e podridão.
Mãos incontroláveis!
Que, com seus gestos cruéis,
causam solidão.
E você sofre,
chora, arrependido,
pedindo a Deus o perdão.
No entanto, não o obtém,
pois não consegue,
controlar suas mãos.
Suas malditas mãos!
Instrumento da perdição!
Continuam errando,
cometendo atos insanos,
às vezes sem querer
e sem ter noção.
Tuas mãos, sim senhor,
Por causa disso,
te deixam só,
absolutamente só no mundo!
Te matam, estando vivo,
numa dolorosa maldição.
Nas tuas mãos,
- Olhe bem! Veja! -
está incrustada,
maquiavélica,
tua permanente solidão.

FIM


Moral da história:
- Faça o bem, ajude as pessoas (dentro de suas possibilidades, claro) e não sofrerás os tormentos da solidão.
Joderyma Torres
Enviado por Joderyma Torres em 14/02/2006
Reeditado em 16/02/2006
Código do texto: T111899
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joderyma Torres
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 51 anos
70 textos (14845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:40)
Joderyma Torres