Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A SANTA (PROCISSÃO)

Ela saiu pela rua principal,
Sem nome,
Qualquer cidade,
Qualquer país,
Qualquer das rosas dos ventos,
Época em que acorrem
Povoação outrora florescente.
Os forasteiros a uma festa,
Em sua Santa imagem.
Justa homenagem.

Ela achou muita gente,
Na estação de ferrovia qualquer.
Na estação climática qualquer.
Na estação encontrar
Cento de votos,
Sem devotos,

Seguiam a Cristo,
A um passo da Paixão.

A Santa pede ao Prefeito
Sem autoridade,
Uma lei sem validade.
(ponto sem facultar)
Nem umas centenas devotas,
Rezar dez vezes,
O pai-nosso
E a ave-maria.

A Santa sem nome.
Sem milagre,
Rua sem nome.
Cidade sem nome.
“Miraculoso”.

(D’Eu - AVC – 02/07/04)
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 15/04/2005
Código do texto: T11487
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:30)
Sidnei Levy