Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corta Com Uma Faca Bem Afiada Qualquer Coisa

corta com uma faca bem afiada qualquer coisa
que nascer em teu coração,
arranca de ti qualquer sentimento
que inclua se entregar

joga para longe as juras e as promessas,
pisa a cabeça da esperança,
e atire-se de cabeça no precipício
da falta de coragem para viver
PORQUE
você é livre e a liberdade é uma merda inventada
para dar razão à loucura de uns poucos loucos desdentados

vem, me abraça depois da chuva quente,
depois que os meteoros da decepção soterrar o mundo
das paixões inventadas, carcomidas

quando a noite cuspir
versos abortados
de um poeta
desesperado
cantarei
a aurora
dos santos endiabrados e das mães
apunhaladas

MAXIMILIANO DA ROSA
Enviado por MAXIMILIANO DA ROSA em 23/02/2006
Código do texto: T115381
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MAXIMILIANO DA ROSA
Imbé - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
24 textos (926 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:13)
MAXIMILIANO DA ROSA