Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

cresceram sonhos em minhas mãos doentes

cresceram sonhos em minhas mãos doentes
eu ri do óleo das serpentes
a certeza da morte é multiplicada pelo medo da vida
as cores são vivas
os odores cabem num sorriso errado
a mãe da vitória é irmã da dúvida
sem odes a violência é mais azul
sem poesia os sonhos são onomatopéias
mudas
MAXIMILIANO DA ROSA
Enviado por MAXIMILIANO DA ROSA em 02/03/2006
Reeditado em 05/03/2006
Código do texto: T117983
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MAXIMILIANO DA ROSA
Imbé - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
24 textos (925 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:40)
MAXIMILIANO DA ROSA