Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Refazendo o Céu

O céu se despedaçou
E caíram alguns pedaços nas minhas mãos
E as nuvens estão nos meus pés
Será que durante a noite choverá estrelas?

O sol não tem onde nascer nem se pôr,
Não chove, não neva e nem venta também,
Olhamos para cima e vemos um vazio.

Um artista se propõe a redesenhar o céu,
E ele estava tão inspirado que pensou em desenhar
Um arco-íris que ficasse eternamente no firmamento,
Os escultores pensaram em fazer nuvens com formatos mil.

Para quem habita as praias veria o sol sempre debruçado no mar,
E aqueles que habitam os campo veriam o arrebol vivaz repleto de gaivotas
E os habitantes da cidade poderiam ver a lua sempre cheia e muitas estrelas durante a noite.

Um poeta quis fazer versos com as estrelas
E toda noite as pessoas leriam poesias feitas de estrelas,
E assim o céu foi redesenhado e reinventado,
Deus ficou feliz com a arte que Ele nos presenteou.

19/03/06
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 19/03/2006
Reeditado em 19/03/2006
Código do texto: T125456
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1432 textos (42632 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:12)
Miguel Rodrigues