Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEM TEIAS DE ARANHA.

Tem teias de aranha,
Torturas florescem
Sobreviventes todos ali,
Pessoalmente amontoados
Com ordem por escrito,
Bancos escutam confidencias de chumbo
Pobres bonecos feridos pela musica
Emparedados no prado adormecido,
Bestas negras arrastam o fórceps
Na fadiga de pedras inibidas,
Cachorros farejam a trilha do índio
A irmã, coitadinha,
Morreu chorando cimenta,
Atordoada de susto.
Bichos da noite com medo de ter medo
Sargento dê-lhe trinta chibatadas.
De que morreu mesmo a mãezinha?
O xarope de nada valeu então?

Toda à tarde a arvore sopra
Baixinho ultrajam as pessoas indecisas
Sem erguer os punhos.

(D'Eu)
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 25/04/2005
Código do texto: T12926
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:44)
Sidnei Levy