Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem Sou ?

Encena a fantasia
um recuo infinito;
vozes isoladas e conflitos crônicos,
torneiras fechadas ao fluxo mental,
mágica ilusão de ordem crítica.
Furor cego e suicida -
malícia de chorar
na momentânea anestesia do sorrir.
Não há códigos lógicos
para a última evolução
da estrutura do mosaico;
a ousadia fabrica força
para o encontro do túnel
e os passos sem sentido.
É o velho enígma: serei um rato ?
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Enviado por Maria Luiza de Monteiro Marinho em 09/05/2006
Código do texto: T153277

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
149 textos (4798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:08)
Maria Luiza de Monteiro Marinho