Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AVISO DA NATUREZA

De Rosa R. Regis
Natal/RN - 1999

O Besouro do agouro: o “mangangá” ou o “rola”...
não sei bem...
só sei dizer que o mesmo me avisou
sobre algo de sinistro, que a minha vida marcou
antes que o mesmo ocorresse.
Pois o besouro cercou-me
volteando várias vezes como querendo dizer-me
que algum fato ou desdouro... passa-se
ou se passou.

E aquele passarinho,
que me dá tanta alegria com a sua cantoria,
alertou-me, naquele dia, que algo não ia bem!
Ou seja: que acontecia algo sombrio!...
...S i n i s t r o!
Que ao seu cantar conseguia
mudar de forma a se ver
ou sentir-lhe a agonia transmitida no seu canto,
que sempre transmite encanto
e que, agora, me arrepia!...
fazendo-me pensar que algo de mal, comigo, ocorria.

E logo chega a notícia que a Natureza previu:
Alguém  está  em  apuros!
Alguém, de quem não pensava vir, dele, qualquer desvio.

E aí a mente emboloa, num tremendo desvario!
O coração quase pára. O corpo treme... com um frio...
...mortal!
que me estatuatiza,
deixando-me sem os movimentos... que o momento precisa.

E, quase que em tresvario,
procuro agir...com o restinho
das forças... que a Fé conseguiu
reanimar no meu corpo  que, de morrer, desistiu.
...
E a reação é tentar resgatar aquele ser
Que do meu também faz parte....
...e isto... não dá p’ra esquecer!
usando...  o que for possível para um resultado, ter.
...
E agradeço à Natureza o aviso  que  me  deu
de forma a preparar meu ser para o que aconteceu.
Pois mesmo não sabendo o que,
o meu íntimo percebeu.

Percebeu que algo ruim estava para ocorrer.
Pois o besouro...
... insistente...
fazendo-me estremecer,
fez-me ver que, aquele ente, queria algo dizer .
...
E ainda o passarinho, que sempre canta tão bem,
insistindo em seu cantar, fez-me perceber também
que havia alguma coisa que não devia ir bem.
        ----------
- Obrigada, meus amigos!...
que são Natureza também.
Como eu.
E que entendem o que faz mal ou faz bem.
...
E procuram nos ajudar de uma forma singular!
...
Porém,
para c a p t a r  suas mensagens, se tem
que procurar-se ligar
nesses pequeninos seres
que são, em si, os MAIORES!
Pois vêem o que não vemos e o que não entendemos,
seja de mal ou de bem
...
E...
procuram nos  alertar com os meios que eles têm.

Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 16/05/2006
Código do texto: T157143
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Regis
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 67 anos
383 textos (153714 leituras)
1 e-livros (7 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:02)
Rosa Regis

Site do Escritor