Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Auto do Tempo da Sola de Sapato

Sapo boi lambeu, lambeu
Lambeu, nada, chega...
Q cara!

Soube de hora que na hora falha
De que carocha nos confins
Outrora, se é que se dizia
Me contaram que perdido o mundo estava

Filho vira pai, tempo e cabelo grisalha
Meu Deus e meus vinte anos!!!

Boleros, polcas e valsas
E eu com meu atrevimento
Robson
Enviado por Robson em 25/05/2006
Código do texto: T162402

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Robson
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 39 anos
100 textos (2584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:00)
Robson