Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentimentos


Os sentimentos também são átomos
Eles não podem ser explicados
Os sentimentos também são células
Eles se dividem
O sentimento não é matéria
Mas se faz diante do inconsciente
Não é parede
Mas nos impede de seguir
É fera indomável
Corpo inexistente que anda lado a lado
Escuridão e luz acesa no telhado
É tragédia triunfal, perpetuo, breve, é belo.
Grande, pequeno ou médio.
Droga: vicia, adoenta e mata.
Remédio: alivia, cura e faz nascer
O sentimento? Esta coisa
Que estar tão longe e tão perto
Que assombra como peste no deserto
Desfila como musa na passarela
Escorrega como a água
Terce como as aranhas
Machuca como os espinhos de uma rosa
Destila veneno como cobra
Desfragmenta o indivíduo
Põe vírgula onde era ponto final
Ataca, defende, é como peça teatral
Flutua, brilha e afunda.
É maníaco, doente e é normal.
Desperta coragem, medo, ansiedade.
A sua cor? Incolor
Seu sobrenome? Dor
Ton Dourado
Enviado por Ton Dourado em 19/06/2006
Código do texto: T178239
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ton Dourado
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
80 textos (2628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:46)
Ton Dourado