Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMBRITUDE

Dia tenebroso e sombrio
Sorria, amigo
Agora corra
Corra, voe e ame
AME com afinco e destemor
Queira com paixão apreço
Despreze sempre el fardo pesado dela suerte maleva
Quiera siempre ... siempre ... Amor
A mesmice cansa e a rotina vicia
Ande e vagueie nas ondas dos devaneios
Erotize o corpo e oxigene a alma
Hidrofobia e megalomania se unem
Não convivem
Se amam como canibais xipófagos e androginos
 
FUJA ... e ... MORRA SÓ
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 20/07/2006
Código do texto: T198430
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:41)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES