Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deserto do Saara

Os céus escurecem, a cálida noite congela,
É noite em plenilúnio monocromática...
O solo e o céu são negros brilhantes,
Seus grãos e estrelas rutilam soberbos...

Os sirocos entoaram fortes e graves,
Obrigando as areias emergirem e com eles dançarem.
Ao longe se ouve o farfalhar de águas cristalinas,
Que deslizam velozes sobre a areia,
Transformam o gáudio das areias dançantes
Em uma tétrica cena de fumaças espectrais,
Que circundavam o esquálido cadáver de Lira,
Descoberto das areias pelas águas cristalinas...
Ted Weber
Enviado por Ted Weber em 24/07/2006
Código do texto: T200947

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ted Weber
São Paulo - São Paulo - Brasil, 25 anos
135 textos (8721 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:16)
Ted Weber