Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Êxtases ao vento...

Lestam sentidos afoitos de afagos
derramados nas bordas do tempo...
Sudoeste que sopra lestando bagos,
apregoando ao sidério sentimento
ateando anseios que lança ao vento...
A lestada prepara núpcias se enfeita
de flores perfumosas, orna o leito.
Cavaco orquestrado acordes deleita,
ao som dos arautos arpejos do feito.
Taças que tocam, corpo que deita
ao sentir o fulgor que arfa o peito
aleluia em glória os poros espreita
florescendo artimanhas do súdito.
Olores se mesclam nos instintos
dos gozos sublimados em brisas,
matizes oriundos dos desatinos
de relâmpagos afastando as cinzas..
a LIRA dos ventos se amando
sublima! Se corpos nus ou taças,
na língua, o champangne sorvendo!
Borbotando delírios que abraças...
Brindando nos prados os passarinhos,
comovidos no rito procuram ninhos.
Na viração libada dos corpos e taças,
tilintando amor orvalhando as praças...

“A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
23/7/2006
 


Parabéns,  o texto  ESCRITOR é minha homenagem a você, que trilha como eu a mesma estrada. Semeando no no tempo sementes de ardor, sintam-se afagados. Beijos poéticos morrendo do prazer. " A Poetisa dos Ventos"
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 25/07/2006
Reeditado em 25/07/2006
Cˇdigo do texto: T201465
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65372 leituras)
50 ßudios (9722 audiš§es)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 09/12/16 15:29)
Deth Haak